Tradução em andamento do livro “A Dispensational or a Covenantal Interpretation of Scripture - Which is the Truth?” por Bruce Anstey
Este livro encontra-se em processo de tradução, portanto para uma leitura mais ordenada sugiro que comece pela postagem mais antiga no Arquivo da coluna da direita.

O caráter e glorificação celestiais da Igreja

O caráter e glorificação celestiais da Igreja

Esta companhia de crentes especialmente “chamados para fora” (a Igreja) é uma criação celestial de Deus. Essas pessoas abençoadas são um povo celestial, em contraste com Israel e os gentios redimidos no futuro reino de Cristo, os quais formam o povo terreno com um destino terreno no dia vindouro. As epístolas do Novo Testamento estão repletas de referências que confirmam o caráter e destino celestiais da Igreja. Os cristãos possuem:
  •         “Vocação” ou chamado celestial (Hb 3:1).
  •         “Assento” celestial (Ef 2:6).
  •         “Imagem” celestial (1 Co 15:48-49).
  •         “Bênçãos” celestiais (Ef 1:3).
  •         “Casa” celestial (2 Co 5:1).
  •         “Cidadania” celestial (Fp 3:20).
  •         “Esperança” celestial (Cl 1:5).
  •         “Herança” celestial (1 Pe 1:4).
  •         “Santuário” celestial (Hb 8:1-2; 9:11; 10:19-21).
  •         “Mente” celestial (Cl 3:1-2).
  •         “Cidade” celestial (Hb 11:16; 12:22; 13:14).
  •         “Luta” celestial contra inimigos espirituais (Ef 6:12).

A “esperança” da “vocação” da Igreja (Ef 1:18; Cl 1:23, 27; 3:4) é estar em nossa posição celestial numa condição glorificada, a fim de estarmos capacitados a viver nas alturas dos céus (1 Co 15:48-49; 2 Co 5:1-4; Fp 3:21). As Escrituras mostram o contraste disso, já que a esfera de bênção e herança do Israel redimido são terrenas: “Mas os mansos herdarão a terra, e se deleitarão na abundância de paz” (Sl 37:11, 22, etc.). Os israelitas não precisarão estar em corpos glorificados para fazerem parte do reino de Cristo na terra.

Considerando que nossa vocação, porção e destino são celestiais, devemos nos comportar como seres cujos interesses estão nos céus, antes mesmo de termos sido glorificados. Por isso a exortação do apóstolo Paulo aos cristãos é: “Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra” (Cl 3:1-2).



Postagens populares